Mãe é suspeita de tentar vender filha recém-nascida por R$ 1.000

Caso aconteceu no Hospital das Clínicas da UFTM
Reprodução / RecordTV Minas

Uma mulher é suspeita de tentar vender a filha recém-nascida, por R$ 1.000, em Uberaba, a 680 quilômetros de Belo Horizonte. Ela fugiu com o bebê do hospital antes de receber alta, mas acabou sendo localizada. A polícia ainda procura uma amiga que teria ajudado na fuga e na negociação.

Na tarde dessa terça-feira (12), após o parto, a mulher recebeu a visita da amiga na maternidade. Minutos depois, elas saíram juntas pela porta da frente do hospital. Uma enfermeira suspeitou da ação e viu que o bebê estava na bolsa de uma delas. No entanto, as mulheres entraram em um táxi que já aguardava no local.

A enfermeira acionou a PM (Polícia Militar), que fez buscas na região. O veículo foi encontrado apenas com a mãe e o bebê. Ele teria assumido à polícia que venderia a criança.

A mulher e a filha foram levadas de volta para o hospital. Durante as investigações, a polícia prendeu um homem de 36 anos suspeito de estar envolvido na negociação. Na delegacia, ele disse que é o pai do bebê, mas a mãe nega.

O hospital informou que a mãe segue internada e que o Conselho Tutelar foi chamado para tomar as providências da guarda da criança. Ler a notícia completa

Via:: Minas Gerais

Mãe é suspeita de tentar vender filha recém-nascida por R$ 1.000
Close Menu