Mineiro pinta na fachada de casa camisas das seleções da Copa e registra palpite sobre quem chega às quartas-de-final 

Mineiro pinta na fachada de casa camisas das seleções da Copa e registra palpite sobre quem chega às quartas-de-final 

Pintor levou 20 dias para decorar a residência no Bairro Sidil em Divinópolis. Disputa começou nesta quinta (14); Brasil estreia no próximo domingo (17). José da Silva, de 60 anos, pintou todas as 32 seleções participantes da Copa do Mundo de 2018 nos muros e calçadas de casa em Divinópolis
Reprodução/TV Integração
Em clima de Copa do Mundo, um pintor de Divinópolis, cidade do Centro-Oeste mineiro que fica a pouco mais de 100 km de Belo Horizonte, resolveu decorar os muros e as calçadas da casa onde mora com as bandeiras e camisas de todas as 32 seleções que participam da disputa.
A Copa do Mundo começou nesta quinta-feira (14) e vai até o dia 14 de julho, quando a final será disputada no estádio Lujiki, em Moscou. O primeiro jogo do Brasil será contra a Suíça, no próximo domingo (17), às 15h, pelo horário de Brasília.
Apaixonado por futebol, José da Silva, de 60 anos, realiza o trabalho desde 2014, quando a Copa foi disputada no Brasil. O resultado pode ser conferido no Bairro Sidil.
Com 6 estrelas, que fazem alusão ao hexacampeonato, pintor declarou seu amor ao país
Reprodução/TV Integração
Em 2016, ele repetiu a dose e criou uma pintura especial para os Jogos Olímpícos do Rio de Janeiro. Agora, em 2018, Da Silva, como é conhecido, resolveu ousar ainda mais: registrou na pintura o palpite sobre quem chegará às quartas-de-final do torneio.
“Alemanha, França, Argentina e Brasil. São as quatro seleções que acredito que chegarão até as quartas-de-final. E, se Deus quiser, o hexa vai ser nosso. Com a torcida de 200 milhões de brasileiros, a gente chega lá”, afirmou ao G1.
Da Silva pintou todas as seleções e as dividiu conforme seus respectivos grupos na Copa.
Reprodução/TV Integração
No portão da casa, Da Silva fez questão de dar seu recado. A frase “Eu te amo, meu Brasil” Ler a notícia completa

Via:: Minas Gerais

Close Menu