Pescadores ficam perdidos por 16 horas em rio e são salvos por celular no Pantanal de MS 

Eles saíram para a pesca na noite de segunda-feira (14), mas só foram encontrador na tarde no dia seguinte. Dois pescadores são resgatados após ficarem perdidos em baía do Pantanal
Dois pescadores, Josué Passoli e Enio Passoli, ficaram perdidos por aproximadamente 16 horas em uma baía do Pantanal de Mato Grosso do Sul e foram salvos após ligar para um familiar com o celular, que tinha sinal. Os homens, de 40 e 49 anos, são irmãos e atuam na profissão há 30 anos.
Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, os pescadores saíram na noite de segunda-feira (14), às 22h e só foram encontrados por volta das 13h30 de terça-feira (15). Eles se deslocaram com o barco até a baía do Rio Paraguai porque, segundo disseram aos militares, o local tinha muito peixe. Porém, não conseguiram achar o acesso de saída ao leito do rio.
De acordo com os bombeiros, essa dificuldade de encontrar o caminho se deu pela cheia do Rio Paraguai, pois os camalotes, vegetação do local que se desprende do solo e desce o rio acompanhando o fluxo da água, podem alterar os acessos e configurar a paisagem, confundindo o navegador.
Mesmo em uma região afastada, o celular de uma das vítimas tinha sinal e foi possível ligar para um primo e informar do ocorrido. O familiar chamou o Corpo de Bombeiros, que rebocou o barco dos profissionais até o Porto Geral de Corumbá.
“Conversamos com eles por telefone. Eles estavam já cansados e estavam em uma situação já de estresse”, explica o sargento do Corpo de Bombeiros André Marti.
O local onde os pescadores foram encontrados ficava a 55 quilômetros de distância da cidade. Homens foram encontrados cansados e com fome. Para Josué, o tempo que ficou perdido lhe serviu de apredizado.
“Uma experiência que Deus Ler a notícia completa

Via:: Mato Grosso

Pescadores ficam perdidos por 16 horas em rio e são salvos por celular no Pantanal de MS 
Close Menu