Trabalhador morre atropelado após ajudar em resgate na Usiminas

Trabalhador morre atropelado após ajudar em resgate na Usiminas

Vítima foi socorrida no Hospital Márcio Cunha
Reprodução / Google Street View

Um trabalhador morreu atropelado logo após deixar a fábrica da Usiminas, em Ipatinga, no Vale do Aço, nessa sexta-feira (10). O homem de 35 anos ajudou na evacuação da empresa durante a explosão que aconteceu no gasômetro da unidade.

Alisson Sebastião Dias era funcionário de uma terceirizada que presta serviços à siderúrgica. Testemunhas contaram à PM (Polícia Militar) que o rapaz deixou o local de bicicleta e foi atingido por um carro logo após sair pela portaria. Segundo a corporação, o motorista fugiu sem prestar socorro, mas foi localizado e preso.

A vítima foi levada para o Hospital Márcio Cunha, o mesmo para onde os feridos na explosão foram encaminhados. Mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. A reportagem não localizou a empresa na qual Dias trabalhava e nem a defesa do suspeito de ter cometido o atropelamento.

Susto

Funcionários da Usiminas e moradores de Ipatinga foram surpreendidos com um estrondo no final da manhã dessa sexta-feira (10) causado por uma explosão em um gasômetro da empresa. A população relatou um tremor em vários bairros da cidade. A siderúrgica precisou ser ecavuada e 34 trabalhadores ficaram feridos. Eles foram atendidos no Hospital Márcio Cunha e liberados.

Funcionários relatam desespero https://t.co/5lgUvWozWX #PortalR7 #R7Minas pic.twitter.com/BQF6kmVOBu— Record TV Minas (@recordtvminas) 10 de agosto de 2018

As causas do acidente ainda são investigadas. Na manhã desse sábado (11), a Usiminas informou que parte da empresa voltou a funcionar e que não há risco de novas explosões. Ler a notícia completa

Via:: Minas Gerais

Close Menu